Caio Graco, Estudante de Direito
  • Estudante de Direito

Caio Graco

0seguidor0seguindo
ENTRAR EM CONTATO

Comentários

(1)
Caio Graco, Estudante de Direito
Caio Graco
Comentário · há 21 horas
Bem senhores, observando todas as críticas infundadas relativas ao tema em comento conclui-se o que já fora exposto nas entre linhas do presente artigo - isto é, a maioria dos brasileiros nem mesmo sabem quem de fato será afetado pelo IGF, provavelmente vítimas da narrativa neoliberal dissimulada propagada desde o séc. XVIII, com a tomada do poder do monarca pela burguesia, não para por fim aos abusos do Rei, mas para continuá-los de forma mais discreta - como é o exemplo do imposto regressivo que tem sido o pivô do subdesenvolvimento das classes da base da pirâmide, hodiernamente.

Da mesma forma desconhecem o motivo pelo qual a economia interna não seria afetada com a instituição do IGF, antes, pelo contrário, seria fomentada. Acreditam na evasão fiscal em consequência da instituição do IGF, mas se esquecem que o capital que será afetado pelos detentores de grandes fortunas é o que se conhece por capital marginal, incapaz de incentivar a evasão fiscal, ainda mais em um país como o Brasil que oferece taxas de juros extremamente altas (atrativas) aos investidores. Têm-se como exemplo inúmeros países que implementaram o IGF e não se verificou a fuga de capitais.

Ademais, minha agonia é saber que a maioria dos comentaristas nem sequer leram o artigo se atentando apenas ao título, isso demonstra a "afobação e precipitação" que vive o cidadão brasileiro em criticar o desconhecido (inclusive porque não fazem questão de conhecê-lo), e, por conseguinte, o desinteresse em se dar a chance de desconstruir pré-conceitos que, por vezes, demonstram-se totalmente equivocados.

Perfis que segue

Carregando

Seguidores

Carregando

Tópicos de interesse

Carregando
Novo no Jusbrasil?
Ative gratuitamente seu perfil e junte-se a pessoas que querem entender seus direitos e deveres

Outros perfis como Caio

Carregando

Caio Graco

Entrar em contato